Pesquisar este blog

Carregando...

Carnaval de Pernambuco 2013 - FREVO



Neste primeiro programa, você vai conferir tudo sobre o ritmo que contagia, e atrai milhares de foliões para Pernambuco, o frevo! Apresentação: Lucas Adriel Imagens: Danielle Martins Produção: Nayara Karoline e Ingrid Larissa http://www.canalbrasilrs.com

domingo, 11 de janeiro de 2015

CARNAVAL: Camarote Parador Itaipava 2015 – Carnaval no Bairro do Recife


Camarote Parador Itaipava 2015 - Créditos: Divulgação

Recife/Olinda (PE) - Eleito o melhor DJ do mundo pela DJ Magazine por três vezes consecutivas, o DJ Tiësto foi confirmado como a atração principal do Camarote Parador Itaipava 2015 no Carnaval no Bairro do Recife (Cais do Porto).

Procurando hotel?

Além de Tiësto, o Camarote Parador Itaipava trará também grandes atrações nacionais para o Carnaval de Recife: O Rappa, Wesley Safadão, Nando Reis, Jota Quest, entre outras.

Prefira o Carnaval de Recife. Compre já sua passagem

Veja a programação Camarote Parador Itaipava 2015

Confira a programação de todos os dias do Camarote no Bairro do Recife. O evento começa a partir das 17h.

Atrações Parador Itaipava – 14/02/2015 – Sábado: Wesley Safadão, Patusco e Banda Leva.

Atrações Parador Itaipava – 15/02/2015 – Domingo: Jota Quest, Nando Reis e Só na Marosidade.

Atrações Parador Itaipava – 16/02/2015 – Segunda: O Rappa, Del Rey e Nena Queiroga.

Atrações Parador Itaipava – 17/02/2015 – Segunda: DJ Tiesto e Bruno V.

O Camarote segue o modelo Open Bar de Cerveja Itaipava.

Ingressos Camarote Parador Itaipava 2015:

Confira abaixo o valor dos ingressos para cada um dos dias do Camarote Parador Itaipava.

Ingresso individual Feminino: R$ 180,00

Ingresso individual Masculino: R$ 200,00

Compre com comodidade e segurança pelo site parceiro do Confira Mais.
Acesse: http://bit.ly/Parador-Itaipava-Ingressos-Recife. Atenção: certifique-se de adquirir seus ingressos através deste link para que possamos lhe ajudar, caso haja alguma dificuldade durante o processo de compra. Em caso de dúvida entre em contato pelos telefones do site parceiro ou conosco pelo e-mail contato@confiramais.com.br.

Koisas-di-Comprar

FIQUE LIGADO. É importante comprar seus ingressos com a maior antecedência possível, pois todos os anos os ingressos já estão esgotados semanas antes do Carnaval, ou as vendas dos últimos lotes são feitas por valores bem superiores ao inicial.

Fonte: Carnaval Recife e Olinda 2015

CLIXSENSE
BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

sábado, 3 de janeiro de 2015

CARNAVAL 2015: Conheça a origem do Carnaval


(Reprodução/Internet)
ORIGEM DO CARNAVAL

CLIXSENSE

Para se falar de Carnaval temos que dar um retrocesso no tempo. Aos dez mil anos antes da era Cristã, existia um costume semelhante aos dias atuais, onde homens, mulheres e crianças se reuniam no verão com os rostos mascarados e os corpos pintados para espantar os demônios da má colheita. As origens do carnaval têm sido buscadas nas mais antigas celebrações da humanidade, tais como as Festas Egípcias que homenageavam a deusa Isis e ao Touro Apis. Os gregos festejavam com grandiosidade nas Festas Lupercais e Saturnais a celebração da volta da primavera, que simbolizava o Renascer da Natureza. Mas num ponto todos concordavam, as grandes festas, como o carnaval, estão associadas a fenômenos astronômicos e a ciclos naturais. O carnaval se caracteriza por festas, divertimentos públicos, bailes de máscaras e manifestações folclóricas. Na Europa, os mais famosos carnavais foram ou são: os de Paris, Veneza, Munique e Roma, seguidos de Nápoles, Florença e Nice.

O CARNAVAL NO BRASIL

(Reprodução/Internet)
O carnaval foi chamado de Entrudo por influência dos portugueses da Ilha da Madeira, Açores e Cabo Verde, que trouxeram a brincadeira de loucas correrias, mela-mela de farinha, água com limão, no ano de 1723, surgindo depois às batalhas de confetes e serpentinas. No Brasil, o carnaval é festejado "tradicionalmente" no sábado, domingo, segunda e terça-feira anteriores aos quarentas dias que vão da quarta-feira de cinzas ao domingo de Páscoa. Na Bahia, é comemorado também na quinta-feira da terceira semana da Quaresma, mudando de nome para Micareta. Esta festa deu origem a várias outras em estados do Nordeste, todas com características baianas, com a presença indispensável dos Trios Elétricos e são realizadas no decorrer do ano; em Fortaleza realiza-se o Fortal; em Natal, o Carnatal; em João Pessoa, a Micaroa; em Campina Grande, a Micarande; em Maceió, o Carnaval Fest; em Caruaru, o Micarú; no Recife, o Recifolia, já extinto.

O CARNAVAL NO RECIFE

La Ursa - (Reprodução/Internet)
Século XVII - De acordo com as antigas tradições, mais ou menos em fins do século XVII, existiam as Companhias de Carregadores de Açúcar e as Companhias de Carregadores de Mercadorias. Essas companhias geralmente se reuniam para estabelecer acordo no modo de realizar alguns festejos, principalmente para a Festa de Reis. Esta massa de trabalhadores era constituída, em sua maioria, de pessoas da raça negra, livres ou escravos, que suspendiam suas tarefas a partir do dia anterior à festa de Reis. Reuniam-se cedo, formando cortejos que consistia de caixões de madeira carregados pelo grupo festejante e, sentado sobre ele uma pessoa conduzindo uma bandeira. Caminhavam improvisando cantigas em ritmo de marcha, e os foguetes eram ouvidos em grande parte da cidade.

Maracatus de Baque Virado
(Reprodução/Internet)
Século XVIII - Os Maracatus de Baque Virado ou Maracatus de Nação Africana, surgiram particularmente a partir do século XVIII. Melo Morais Filho, escritor do século passado, no seu livro Festas e Tradições Populares, descreve uma Coroação de um Rei Negro, em 1742. Pereira da Costa, à página 215 do seu livro, Folk-lore Pernambucano, transcreve um documento relativo à coroação do primeiro Rei do Congo, realizada na Igreja de Nossa Senhora do Rosário, da Paróquia da Boa Vista, na cidade do Recife. Os primeiros registros destas cerimônias de coroação, datam da segunda metade deste século nos adros das igrejas do Recife, Olinda, Igarassu e Itamaracá, no estado e Pernambuco, promovidas pelas irmandades de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos e de São Benedito.

Clube Toureiros de Santo Antônio
(Reprodução/Internet)
Século XIX - Depois da abolição da escravatura, em 1888, os patrões e autoridades da época permitiram que surgissem as primeiras agremiações carnavalescas, formadas por operários urbanos nos antigos bairros comerciais. Supõe-se que as festas dos Reis Magos serviram de inspiração para a animação do carnaval recifense. De acordo com informações de pessoas antigas que participaram desses carnavais, possivelmente o primeiro clube que apareceu foi o dos Caiadores. Sua sede ficava na Rua do Bom Jesus e foi fundador, entre outros, um português de nome Antônio Valente. Na terça-feira de carnaval à tarde o clube comparecia à Matriz de São José, tocando uma marcha carnavalesca e os sócios levando nas mãos baldes, latas de tinta, escadinhas e varas com pincéis, subiam os degraus da igreja e caiavam (pintavam), simbolicamente. Outros Clubes existiam no bairro do Recife: Xaxadores, Canequinhas Japonesas, Marujos do Ocidente e Toureiros de Santo Antônio (foto).

Há 96 anos, era inaugurada a sede
do Clube Internacional do Recife
na Rua da Aurora.
(Reprodução/Blog Fernando Machado)
Século XX - O carnaval do Recife era composto de diversas sociedades carnavalescas e recreativas, entre todas se destacava o Clube Internacional, chamado clube dos ricos, tinha sua sede na Rua da Aurora, no Palácio das Águias. A Tuna Portuguesa, hoje Clube Português, tinha sua sede na Rua do Imperador. A Charanga do Recife, sociedade musical e recreativa, com sede na Avenida Marquês de Olinda e a Recreativa Juventude, agremiação que reunia em seus salões a mocidade do bairro de São José. O carnaval do início deste século era realizado nas ruas da Concórdia, Imperatriz e Nova, onde desfilavam papangus e máscaras de fronhas (fronhas rendadas enfiadas na cabeça e saias da cintura para baixo e outra por sobre os ombros), esses mascarados sempre se apresentavam em grupos. Nesses tempos, o Recife não conhecia eletricidade, a iluminação pública eram lampiões queimando gás carbônico. Os transportes nos dias de carnaval vinham superlotados dos subúrbios para a cidade. As linhas eram feitas pelos trens da Great Western e Trilhos Urbanos do Recife, chamados maxambombas, que traziam os foliões da Várzea, Dois Irmãos, Arraial, Beberibe e Olinda. A Companhia de Ferro Carril, com bondes puxados a burros, trazia foliões de Afogados, Madalena e Encruzilhada. Os clubes que se apresentaram entre 1904 e 1912 foram os seguintes: Cavalheiros de Satanás, Caras Duras, Filhos da Candinha e U.P.M.; este último criado como pilhéria aos homens que não tinham mais virilidade.

O Corso - (Reprodução/Fundaj
O Corso - Percorria o seguinte itinerário: Praça da Faculdade de Direito, saindo pela Rua do Hospício, seguindo pela Rua da Imperatriz, Rua Nova, Rua do Imperador, Princesa Isabel e parando, finalmente na Praça da Faculdade. O corso era composto de carros puxados a cavalo como: cabriolé, aranha, charrete e outros. A brincadeira no corso era confete e serpentina, água com limão e bisnagas com água perfumada. Também havia caminhões e carroças puxadas a cavalo e bem ornamentadas, rapazes e moças tocavam e cantavam marchas da época dando alegre musicalidade ao evento. Fanfarras contratadas pelas famílias, desfilavam em lindos carros alegóricos.

Fonte: Fundação Joaquim Nabuco, direitos Reservados à autora Claudia M. de Assis Rocha Lima

NEOBUX


Belezas do Carnaval de Pernambuco: Papangus de Bezerros

(Reprodução/O Nordeste)
CLIXSENSE

Os papangus da cidade de Bezerros, do Agreste Central, distante 107 km do Recife são personagens engraçados que enriquecem o Carnaval pernambucano. Mascarados e com roupas que cobrem todo o corpo, eles saem pelas ruas da cidade sem serem reconhecidos, fazendo brincadeiras e animando a festa de momo. O domingo de Carnaval é o ponto alto da festa onde os papangus se encontram, dando um colorido às ruas de Bezerros.

VISITS TO MONEY

Segundo o professor Ronaldo J. Souto Maior, fundador do Instituto de Estudos Históricos, Arte e Folclore dos Bezerros e pesquisador, os primeiros papangus de Bezerros surgiram em 1881 e nasceram de uma brincadeira de familiares dos senhores de engenhos, que saíam mascarados, mal vestidos, para visitar amigos nas festas de entrudo – antigo carnaval do século 19 –, e comiam angu, comida típica do Nordeste (Agreste) pernambucano. Por isso, as crianças passaram a chamar os mascarados de papa-angu”. Para Leonardo Dantas Silva, historiador e estudioso do carnaval pernambucano, o papangu era um mascarado doméstico, que não tinha máscara especial e podia sair até com fronhas na cabeça.

Koisas-di-Comprar - O que precisa a um clique

Atualmente, a máscara do papangu passou a ser confeccionada por artesãos da cidade e chega a servir de objeto de decoração. Ela é normalmente confeccionada com papel maché. Os papangus  se vestem com túnicas compridas, escondendo todo o corpo, e luvas, com o objetivo de não serem reconhecidos pelos foliões. Antes da folia, alguns papangus mantém a tradição e costumam comer angu feito pelos moradores da cidade.

NEOBUX

Fonte: G1 PE

CARNAVAL 2015: Dicas de segurança para o folião

  • Ande sempre com um documento de identificação com foto
  • Não leve para casa ou hotel uma pessoa que você não conheça
  •  Não aceite qualquer tipo de comida ou bebida de desconhecidos: pode haver drogas sedativas ou conteúdos nocivos à sua saúde
  • Evite andar com jóias, celular, máquina fotográfica e outros objetos de valor
  • Jamais reaja a um assalto
  • Se estiver com criança, nunca a deixe sozinha
  • Evite estacionar e andar em locais desertos e não deixe objetos à vista dentro do carro.
  • Evite sacar dinheiro à noite ou em locais desertos
VISITS TO MONEY

Fonte: Secretaria de Defesa Social


CARNAVAL 2015: Conheça a história do Carnaval do Rio de Janeiro

(Reprodução/Internet)
por Rio Carnival

CLIXSENSE

As raízes do Carnaval remontam a antigos romanos e os gregos que celebravam os ritos da primavera. Em toda a Europa, incluindo França, Espanha e Portugal, as pessoas anualmente davam graças em festas, usando máscaras e dançando nas ruas. Tais tradições foram levadas para o Novo Mundo.

Os portugueses foram os primeiros a trazer o conceito de "festa ou carnaval” ao Rio por volta de 1850. A prática de realizar bailes e festas à fantasia foi importada pela burguesia da cidade de Paris. No entanto, no Brasil, as tradições logo se tornaram diferentes. Com o tempo, elas adquiriram elementos únicos decorrentes dos africanos e culturas ameríndias.

VISITS TO MONEY

Grupos de pessoas costumavam desfilar pelas ruas tocando música e dançando. Era normal que os aristocratas durante o Carnaval se vestissem como pessoas comuns, os homens vestidos de mulheres, e os pobres vestirem-se como príncipes e princesas - papéis sociais e diferenças de classe eram esquecidos, uma vez por ano, mas somente para a duração do festival.

(Reprodução/Internet)
O Povo costumava tumultuar o Carnaval, até que o mesmo foi aceito pelo governo como uma expressão da cultura. Os escravos negros se tornaram ativamente envolvidos nas comemorações. Eles foram capazes de ser livres por três dias. Hoje em dia as favelas (majoritariamente comunidades negras ainda são a maioria dos grupos envolvidos em todos os preparativos do carnaval e são aquelas para os quais o Carnaval do Rio tem mais significado).

Por volta do  final do século XVIII as festividades foram enriquecidas por competições. As pessoas não apenas se vestiam com fantasias, mas também realizavam um desfile acompanhados por uma orquestra de cordas, tambores e outros instrumentos. Estas competições tornaram-se cada vez mais organizadas, tornando-se as principais atrações do Carnaval no Rio de Janeiro.

(Reprodução/Internet)

Até o início do século XX o carnaval de rua no Rio de Janeiro era musicalmente um tema muito euro-centrado - Polkas, valsas, mazurcas e 'escocês'. Enquanto isso, a classe operária emergente (composta principalmente de afro-brasileiros, juntamente com alguns ciganos, judeus russos, poloneses, etc.) desenvolveram a sua própria música e ritmo. Essas pessoas viviam principalmente na parte central do Rio, em uma terra que os ricos não queriam - sobre as colinas e pântanos atrás dos estaleiros - uma área que veio a ser conhecida como "Pequena África", agora reconhecida como o berço do samba.

Os desfiles foram interrompidos durante a II Guerra Mundial e começaram de novo em 1947. Até então, a principal competição teve lugar no centro, na  Avenida Rio Branco.

Koisas-di-Comprar - O que precisa a um clique

O Carnaval teve um longo caminho desde que foi trazido para o Rio, tendo se tornado um dos maiores eventos do mundo. Um dos mais recentes desenvolvimentos importantes foi que o maior desfile de samba do mundo foi levado para uma área especialmente construída para este fim, o Sambódromo!

BOM LAZER - 5 ANOS
Seu fim de semana começa aqui

CARNAVAL 2015: Dicas para economizar no Carnaval


CLIXSENSE

CARNAVAL 2015 - O carnaval é uma das festas mais aguardadas do Brasil e muitos não querem perder a folia. As opções para quem quer se divertir  são muitas: desfiles, blocos, bailes e trios elétricos animam várias cidades do Brasil. O problema é que com os gastos de início de ano, como IPVA, IPTU, despesas escolares e viagem de férias, muita gente vai começar fevereiro com o orçamento apertado. Dessa forma, fica um pouco mais difícil aproveitar as festas, principalmente se não houve planejamento.

NEOBUX

Dicas para quem quer curtir as festas de momo sem gastar muito.

Viajar no Carnaval

Sempre que o assunto é viagem, o mais indicado é um planejamento prévio. Se pensado com antecedência, o passeio custa muito menos. Mas quem decidiu viajar de última hora também pode fazer economia. É importante lembrar que passagens, hospedagem e até mesmo alimentação ficam muito mais caras em ocasiões especiais, como o carnaval. Por isso, a dica é pechinchar e procurar preços menores. O aluguel de uma casa, dividido entre várias pessoas, costuma sair mais em conta que as diárias de um hotel. Os mais aventureiros também podem optar pelas áreas de camping, que são mais baratas.

Hotéis em Recife

Gastos com Alimentação

Levar um lanche de casa é sempre mais barato que comer na rua. Também vale a pena fazer compras em um supermercado ao invés de fazer as refeições em um restaurante, por exemplo. Quem optar pela praia ou outros locais mais movimentados deve procurar restaurantes e lanchonetes com preço mais em conta. Um estabelecimento mais afastado da praia certamente oferece preços mais atrativos que o quiosque na beira do mar. Se o orçamento está apertado, também é importante evitar gastos desnecessários.

VISITS TO MONEY

Cuidado com as Dívidas

Em ocasiões festivas, o cartão de crédito e o cheque especial ficam ainda mais tentadores. No caso do cartão de crédito, é importante ter em mente que os gastos serão cobrados no próximo mês. Por isso, é essencial não comprometer grande parte de sua renda mensal com a fatura do cartão. O cheque especial é ainda mais perigoso, pois há cobrança de juros sempre que for utilizado, principalmente agora que os juros estão nas alturas. O ideal é recorrer ao limite de crédito da conta apenas em situações de emergência, quando não houver outra alternativa.

Fonte: Cartão e crédito

BOM LAZER - 5 ANOS
Seu fim de semana começa aqui

CARNAVAL 2015: Carnaval passa, histórias ficam


Imagem: Reprodução/Internet
CARNAVAL 2015 - Diabo loiro - Você já deve ter ouvido por esses carnavais o refrão “Um diabo loiro faiscou na minha frente, com cara de gente, bonita demais”. O refrão dessa música foi composta pelo pernambucano J. Michiles, gravada cinco anos depois por Alceu Valença, virando hit em vários carnavais.

NEOBUX

Davanira – O carnaval sempre tem suas musas, mas a pernambucana Davanira foi a mais cultuada e ganhou a mídia rapidamente. Há cerca de 20 anos, a Casas José Araújo, colocava no ar sua propaganda, com um jingle muito divertido criado pelo publicitário Carol Fernandes. A peça publicitária focava uma moça (uma garota de 13 anos, chamada Veruska) debruçada na sacada da janela, assistindo a um bloco de admiradores cantando-lhes um frevo: “Davanira é ela”. A canção foi reproduzida pelas orquestras e foi sucesso no carnaval de 1992.

VISITS TO MONEY

Galo da Madrugada – Em 24 de janeiro de 1978, surgia no Recife o Clube de Máscaras Galo da Madrugada, criado da união de um grupo de amigos e famílias do bairro de São José, comandado pelo saudoso Enéas Freire, com um propósito de fazer renascer o tradicional e descontraído carnaval de Rua do Recife, que na época era ameaçado pelos clubes e passarelas. No mesmo ano de fundação, o Galo sai nas ruas do Recife no dia 04 de fevereiro de 1978, com 75 pessoas nas ruas fantasiadas de “almas penadas” (a primeira fantasia do clube), acompanhados por uma orquestra de frevo composta de 22 músicos. No ano de 1979, o bloco saiu às ruas com cerca de 350 pessoas. Hoje, o Galo da Madrugada é um fenômeno, perdendo apenas para o Cordão do Bola Preta (Rio de Janeiro) que saiu com dois milhões e meio de pessoas, contra dois milhões do Galo. Fonte: Site do Galo da Madrugada

Este post é um oferecimento de "Koisas-di-Comprar"



domingo, 16 de março de 2014

Seja um repórter de Eu Gosto de Carnaval. Envie-nos uma matéria



Colabore com o Eu Gosto de Carnaval. Envie matérias, calendário de prévias, curiosidade e vídeos de bailes, blocos, troças, etc.

Envie junto com a matéria, nome completo e telefone e autorização para publicação. É preciso também que seja enviado crédito das fotos e vídeos.

JACYTAN MELO PRODUÇÕES
E-mail: jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com
(81) 9998-5874 - 8645-1475

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Sorvete Dançante apresenta baile pré-carnaval no Casarão Ameno Resedá


por Casarão Ameno Resedá

Rio de Janeiro (RJ) - A edição de fevereiro da Festa Sorvete Dançante vem em clima de carnaval. No dia 01 de fevereiro, sábado, às 22h, a tradicional noite de flashbacks ganha companhia do bloco “De Palhaço e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco” com a bateria comandada pelo Mestre Penha. A festa surgiu em 2009 e a cada edição traz uma nova atração para divertir o público. No comando das carrapetas, o DJ residente Mau Mau apresenta o melhor do flashback sempre reeditado dando uma nova roupagem às músicas que embalaram as décadas de 70 e 80.

Tradicional do bairro das Laranjeiras, o bloco “De Palhaço e Louco Todo Mundo Tem Um Pouco”, surgiu na Rua General Glicério e é conhecido por reunir toda a família com muito batuque e animação.

Por manter uma tradição musical, atualmente, o Sorvete Dançante é a festa mais querida da cidade e já tocou em várias boates e clubes do Rio, como Nuth, Fluminense Football Club, Green Club Bar, Far Up, Hideaway, entre outros.

Serviço:
Sorvete Dançante apresenta baile pré-carnaval
Quando: Sábado, 01 de fevereiro de 2014
Hora: às 22h
Quanto: R$ 40
Ingresso: Ingresso rápido 4003-1212
Local: Casarão Ameno Resedá
Rua Pedro Américo, 277, Catete, Rio de Janeiro - RJ (esquina com Rua Bento Lisboa)
Informações e reservas (21) 2556-2427
BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

Eskentadinha do Carnaval no Casarão Ameno Resedá

Créditos: Divulgação/CAR

por Casarão Ameno Resedá

Rio de Janeiro (RJ) - Eskentadinha do Carnaval chega para agitar as noites de sexta-feira no Casarão Ameno Resedá. O evento teve início no dia 17 de janeiro e segue até o dia 28 de fevereiro, a partir das 22h, o pré-carnaval do verão carioca vai contar com o aquecimento dos tamborins de alguns dos mais tradicionais blocos de rua da cidade maravilhosa. Entre eles, Carmelitas, Suvaco do Cristo, Simpatia é Quase Amor, comandando as mais famosas marchinhas e sambas de sucesso.

No dia 31 de janeiro (sexta-feira), o bloco “Só Tamborins” vai comandar o batuque na casa. Criado por um grupo de amigos tamborinistas, o bloco surgiu como uma das novidades do carnaval de 2007. Hoje, o bloco conta com a batuta do Mestre Alexandre Lima, Mestre de Tamborins da escola de samba Império da Tijuca e a coordenação dos trabalhos e a liderança fica atribuída à uma Comissão Organizadora. O bloco conta com cerca de 100 tamborinistas.

Grandes blocos, lindas passistas, DJs convidados e muita gente bonita vão fazer os foliões entrarem no clima da mais importante festa popular do mundo, elevando ainda mais a temperatura da estação, com muita animação e irreverência.

Serviço:
Eskentadinha do Carnaval
Quando: Toda sexta, até 28 de fevereiro de 2014
Hora: às 22h
Entrada: Pista R$ 40 (meia antecipado)
Ingresso: Ingresso Rápido 4003-1212
Local: Casarão Ameno Resedá
Rua Pedro Américo, 277, Catete, Rio de Janeiro - RJ (esquina com Rua Bento Lisboa)
Informações (21) 2556-2427

Sobre o Casarão Ameno Resedá

Imagem: Reprodução/SiteCAM
O nome do Casarão foi escolhido em homenagem ao Rancho Ameno Resedá, o mais famoso de todos os ranchos carnavalescos do Rio de Janeiro. O desfile de um rancho era como um cortejo de um rei e uma rainha, ao som de uma marcha que vinha com muitos instrumentos e ritmo parecido com o samba, mas um pouco mais pausado.

O Ameno Resedá foi o que mais se destacou, ganhou prêmio de originalidade e apresentou desfiles reconhecidos como óperas populares. A inspiração do nome veio do som 'ameno' do rancho, e de uma flor (Resedá) abundante na Ilha de Paquetá, onde aconteceu o piquenique que foi o primeiro encontro entre os fundadores do rancho.

Sua primeira sede era no bairro do Catete - que tem nome de origem indígena (que pode significar "folha grande ou mato grosso" ou "uma espécie de milho") - e já abrigou a sede do Governo Federal do Brasil, além de ter sido bairro de residência de Machado de Assis, Carmen Miranda e José de Alencar.

Sendo rancho carnavalesco ou Casarão, o importante é a alegria. E com tanta história pra contar, a diversão é, com certeza, garantida.

Fonte: site do CAR
BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Nação Porto Rico promete brilhar nas passarelas


Maracatu Nação Porto Rico
Imagem: Reprodução/Internet
Nação Porto Rico, uma das campeãs nos concursos de Carnaval do Recife, sempre manteve a ligação do maracatu de baque virado com os terreiros de candomblé e este ano promete tornar mais forte essa evidência. O mestre e comandante Shacon Viana, da nação fundada há 98 anos, mantém a tradição das obrigações espirituais antes de qualquer apresentação. Os ensaios acontecem no terreiro, no bairro do Pina, Zona Sul do Recife. Este ano (2014), o Nação Porto Rico mostrará sua beleza visual e sonora em passarela mais organizada, na Avenida Dantas Barreto, com espaço para dispersão no Pátio do Carmo e sistema de som mais eficiente.

BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

MEMÓRIA: Ubiracy Ferreira: ai que saudade que dá


Ubiracy Ferreira - Imagem: Reprodução/Internet
Recife, abrigou em seu berço uma figura de destaque, quando vivo, deu sua contribuição de forma majestosa a cultura popular pernambucana. O professor e babalórixa Ubiracy Ferreira, falecido em outubro de 2013, era uma pessoa possuidora de uma cultura invejável. Em sua bagagem cultural acumulava um profundo conhecimento das tradições e da cultura de origem africana, além de ser detentor de didática para contar e mostrar ao mundo a beleza do maracatu, a dança e a cultura do Estado. Conhecido carinhosamente como Bira, conquistou a simpatia de todos, principalmente de seus alunos. Ele conseguiu devolver às ruas do Recife, no ano de 1988, o maracatu fundado por seus ancestrais em 1905 e que foi dissipado com a perseguição aos terreiros no anos 1940. Em uma das suas entrevistas concedidas durante o Carnaval de 2013, Ubiracy, com 75 anos de idade, chamava a atenção das autoridades ligadas a cultura e ao público em geral, da necessidade da preservação  dos aspectos musicais e religiosos do maracatu. Bira, em suas apresentações seguia as loas do passado que ouvia quando criança sua mãe cantar.

Só nós resta a saudade do mestre Ubiracy. Com certeza seu nome estará presente em cada esquina, onde se escuta um toque do afoxé, do atabaque e do agogô. Seu largo e sincero sorriso estará estampado em sua face, feliz por ter dado sua contribuição a cultura pernambucana. Descanse em paz mestre e amigo.

BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Maracatu em parceria com o rap


Naná Vasconcelos - Divulgação/AgendaCulturalRecife
Diante da ameaça de perder o posto de honra na abertura do Carnaval do Recife, o maracatu nação, com ligação ao candomblé, consegue recuperar seu espaço e fará uma parceria histórica com o rap. A iniciativa foi de Naná Vasconcelos, que tem em seu comando cerca de 500 batuqueiros no espetáculo, fez um convite ao rapper carioca Marcelo D2 e o músico recifense Zebrão, ex-Faces do Súburbio, para o encontro, apesar de expressões doferentes, mas com origens próprias.

Naná fez uma viagem ao Rio para convidar Marcelo D2, que o agradou bastante. Segundo Naná, a escolha de D2 é relacionada a sua busca da batida perfeita, unindo ritmo e poesia. Quanto a Zebrão, ele enaltece a opção pela embolada. Os estilos convergem com o batuque de doze nações. Os batuqueiros irão se concentrar na Rua da Moeda, às 17h, e uma hora após seguirão pelas Ruas do Bairro do Recife, em direção ao Marco Zero.

O cortejo comandado por Naná Vasconcelos tem impacto positivo para o setor de turismo. Desde 2001 o evento vem atraindo turistas de outros Estados e Países e vem se consagrando como componente indispensável na mistura de culturas que engrandece o Carnaval pernambucano.

Este ano (2014), segundo Naná Vasconcelos, além dos tradicionais grupos que se reunirão, dois deles irão reforçar o elenco: Nação Tigre, de Peixinhos, e a Estrela Dalva, de Joana Bezerra. Onde se juntam aos batuqueiros do Maracatu Sol Nascente,, de Água Fria. No Marco Zero, o grupo sobe a rampa para uma homenagem póstuma ao professor e babalorixá Ubiracy Ferreira, falecido em outubro de 2013, vitimado por um câncer.
BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Bloco da Saudade completa quarenta anos de folia


Imagem: Reprodução/Internet
O Bloco da Saudade, Patrimônio Imaterial de Pernambuco está completando 40 carnavais ininterruptos em 2014. Surgido em  1974, numa iniciativa de amigos, intelectuais, teve seu fortalecimento nos idos dos anos 90, atraindo gerações e serviu de iniciativa para criação de grupos similares na folia pernambucana e até em outros estados.

Quem levantou bandeira para o surgimento do bloco foram: o músico Zoca Madureira, violonista do Quinteto Armorial, Ariano Suassuna (em outubro de 1970), que promovia uma arte erudita a partir das raízes populares da cultura nordestina, Zoca Madureira e o jornalista Marcelo Varella, conhecidos como os mentores do Bloco da Saudade.

Durante a ditadura militar, o Carnaval de rua estava condenado a desfiles de passarela. O Bloco da Saudade, brilhantemente retomava o hábito das décadas de 20 e 30 do século 20, com brincantes bailando cantando pelas ruas. Em seu primeiro ano o bloco foi às ruas de forma rudimentar, com apenas um clarinete, dois ou três violões, um cavaquinho, surdo e pandeiro, composta de apenas 15 pessoas. Hoje, totaliza cerca de 40 músicos e mais de 100 desfilantes.

Nos 40 anos do bloco, será lançado o sexto CD com composições novas e antigas. Haverá manhã de sol no próximo dia 26 de janeiro e acertos de marchas nas três sextas-feiras seguintes. Está programada para na terça-feira da semana pré-carnavalesca, a subida do Bloco da Saudade na ladeira do Varadouro, em Olinda, cantando músicas de pastoril para receber a benção no mosteiro de São Bento, uma tradição do grupo. Como destaque na história do bloco foi a participação de homenagens ao acerbispo emérito de Olinda e Recife, dom Hélder Câmara, falecido em 1999. Para saber mais sobre o grupo acesse: www.blocodasaudade.org.br.
BOM LAZER: SEU FIM DE SEMANA COMEÇA AQUI

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Aline do Cavaco: samba de primeira linha


Créditos: Divulgação
Carnaval é só em março. Mas, você não precisa esperar tanto tempo para curti-lo. Antecipe sua festa, contrate nossa atração: ALINE DO CAVACO, samba de primeira linha. Leia + http://jacytanmeloproducoes.net/atrações-exclusivas/

Contato: Jacytan Melo Produções
(81) 9998-5874 - 8645-1475
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Abertas inscrições para Alas do Grande Rio (RJ)


(Créditos: Divulgação)
Três meses se passaram do clima de Carnaval de 2013 e as escolas de samba do Rio de Janeiro já começam os ensaios para preparações da a festa de Momo 2014. É o caso da Acadêmicos do Grande Rio já esquenta os tamborins nos ensaios. A agremiação deve falar dos 200 anos do município de Maricá.

Nesta semana (do mês de maio), foram abertas as inscrições para as alas da cominidade e oficina de percussão do Mestre Ciça, que irá comandar a Invocada, como é denominada a bateria da Grande Rio, desde 2010.

A comunidade da Baixada Fluminense está convidada para tentar uma vaga para as alas da comunidade da agremiação. Para participar devem apresentar, na secretaria da escola os seguintes documento: duas fotos 3x4 e documentos originais e cópias do RG, CPF e comprovante de residência.

A inscrição é gratuita e são realizadas nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 10h às 20h, na proópria quadra, na Rua Wallace Soares, 5 e 6, no Centro de Duque de Caxias, RJ.

Acesse o site da Grande Rio: www.academicosdogranderio.com.br
10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

SPIDER.A D RENDE MAIS. SEJA NOSSO PARCEIRO

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Ex-camisa 10 Zico vai ser tema de enredo da Imperatriz Leopoldinense


Zico - (Imagem: Reprodução/Internet)

A Imperatriz Leopoldinense divulgou essa semana (maio) que Zico, o ídolo do Flamengo, será o seu enredo no Carnaval de 2014.

A Escola de samba irá contar a trajetória de vida do mais famoso ex-camisa 10 do Flamengo e conta com o apoio integral da torcida rubro-negra.

Zico, que é torcedor da Beija-Flor, ficou lisonjeado com a homenagem. “É um dia de grande emoção. Esta homenagem é motivo de muito orgulho. Agradeço à Imperatriz, uma grande escola do carnaval carioca. Já havia recebido um convite para ser enredo da Unidos de Cabuçu há mais de 20 anos, mas não quis, porque achava que não tinha uma história para contar. Achei que não tinha sentido contar a história simplesmente porque era um jogador do Flamengo. Agora não, tenho uma história de vida. Vou entrar para ganhar, como em tudo na vida”, declarou o ídolo flamenguista.

No carnaval de 2013 a Imperatriz ficou em quarto lugar e levantou a Marquês de Sapucaí com o enredo sobre o Pará.

Fonte: Carnaval 2014

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

SPIDER.A D RENDE MAIS. SEJA NOSSO PARCEIRO

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Matinada. (Antúlio Madureira)


BOM LAZER - Nesta terça-feira (12), último dia de carnaval, o Marco Zero, no bairro do Recife, se prepara para as atrações da noite que começa logo mais, às 21h30, com a presença do músico pernambucano Antúlio Madureira... Leia + http://bomlazer.com
10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Prévia Carnavalesca do Burburinho com a banda DUMB and BRASS (FR)

Créditos: Divulgação
por Rico de Moraes

A ideia é a seguinte:

Uma festa de pré-Carnaval pra gente com miolos na cabeça, agitada pela street jazz band francesa DUMB and BRASS, agitando a macacada com todo tipo de música tocada por 9 integrantes de metais e percussão.

TRAJE: FANTASIA DE ROCKSTAR: vale vir vestido de Elvis, de Ramones e até de Lady Gaga. Mas entre na brincadeira!

Quer conhecer a vibe da DUMB and BRASS? Visite http://www.dumbandbrass.com/medias

Ingresso antecipados por R$15 (vamos divulgar em breve os pontos de vendas)

PREPARE-SE E CONVIDE SEUS AMIGOS!

Serviço:
Festa pré-Carnavalesca no Burburinho
Dia 18 de janeiro de 2013
Burburinho Bar
Rua Tomazina, 106, Bairro do Recife

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Seleção de passistas


(Reprodução/O Nordeste)

Nesta sexta-feira (18), a partir das 17h, acontece as eliminatórias do Concurso de Passistas do Carnaval do Recife 2013. O evento acontece no Pátio de São Pedro, no bairro de São José, no Recife. Os melhores dançarinos irão ganhar prêmios, de acordo com a categoria e classificação. Entrada grátis.

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

Programe sua festa, deixe os músicos por nossa conta. Solicite orçamento:
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

Clube Náutico recebe o Bloco da Saudade


Créditos: Divulgação

Nesta sexta-feira (18), a partir das 22h, o tradicional Clube Náutico Capibaribe recebe a prévia do Bloco da Saudade. Quem anima a festa é a orquestra e o coral do próprio bloco. Cerca de 150 membros participam do grupo entre músicos, participantes e compositores. Os ingressos custam R$ 25 e podem ser adquiridos no local.

Serviço:

Avenida Conselheiro Rosa e Silva, 1086, Aflitos - Recife - PE
Telefone: (81) 3243-7600


10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

Programe sua festa, deixe os músicos por nossa conta. Solicite orçamento:
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

Blocos se encontram novamente em Boa Viagem


(Reprodução/João Alberto)
Sábado (19), a partir das 19h, novamente acontece o encontro de blocos, nesta segunda edição,  como parte da programação do Projeto Alegres Bandos – Encontros de Blocos. Os cantores Claudionor Germano e Pedro Castro comandam a homenagem ao bloco lírico Eu quero mais, bloco lírico Com você no coração e bloco Lira do Carpina. O encontro acontece na área externa do Parque Dona Lindu, em Boa Viagem (Recife). A entrada é gratuita.

Exibir mapa ampliado
 10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS
Programe sua festa, deixe os músicos por nossa conta. Solicite orçamento:
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Programação do Carnaval de Pernambuco sai dia 31

(Reprodução/Internet)

A grade de shows do Carnaval de Pernambuco de 2013 deverá ficar pronta no dia 31 de janeiro, segundo afirma a secretaria de Cultura. Na última quarta-feira (09/01) aconteceu a segunda convocatória para artistas se habilitarem para o evento.

Até o presente momento, cerca de 980 artistas já estão habilitados e poderão ser contratados para se apresentam em um dos 22 municípios que estarão com palcos patrocinados pelo governo do estado. Artistas locais e nacionais poderão se inscrever até o dia 15.

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

Programe sua festa, deixe os músicos por nossa conta. Solicite orçamento:
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Seminário do Canaval na Livraria Cultura (Recife-PE)


Livraria Cultura/Paço alfândega
(Reprodução/Internet)

Começa hoje (14) e vai até a sexta-feira (18) a 8ª edição do Seminário do Carnaval, que acontecerá no auditório da Livraria Cultura, no Paço Alfândega, no horário das 14h às 18h. Os temas de palestras e debates são: Os saberes, crenças, vivências, manifestações e práticas da folia momesca. O evento é  organizado pelo Núcleo de Concursos e Formação Cultural da Secretaria de Cultura do Recife.

Segundo os organizadores mais de 150 pessoas, entre estudantes, carnavalescos, produtores e pesquisadores já se inscreveram para o encontro, que tem por objetivo aprofundar os conhecimentos do público e promover a troca de experiências a respeito das agremiações, ritmos, coreografias, cadeia produtiva, religiosidade, e as singularidades do Carnaval.

Quem estiver interessado em participar do Seminário do Carnaval como ouvintes podem fazer parte das atividades se apresentando no local no horário das palestras.

Serviço:
Livraria Cultura (Auditório)

Rua Madre de Deus, s/n, Paço Alfândega - Recife - PE
Telefone: (81) 2102-4033

Fonte: Diário de Pernambuco

10 MOTIVOS PARA ESTUDAR NO CURSOS 24 HORAS

Programe sua festa, deixe os músicos por nossa conta. Solicite orçamento:
jacytanmelo@jacytanmeloproducoes.com

Exibir mapa ampliado